Fisioterapia e Pilates na reabilitação

A utilização do pilates na reabilitação auxilia no processo de recuperação de lesões causadas por acidentes ou doenças. 

A combinação entre a fisioterapia e o Pilates na reabilitação têm apresentado excelentes resultados na mobilidade, redução de dores e recuperação. 

Para entendermos um pouco melhor sobre o assunto, é necessário saber especificamente para que serve a fisioterapia e a atuação do Pilates.

A fisioterapia é uma forma de corrigir ou prevenir disfunções corporais causadas por doenças ou traumas, como por exemplo, acidentes ou doenças degenerativas. 

O fisioterapeuta é o profissional responsável por realizar estas atividades, onde este procurará métodos e soluções conforme a necessidade de seus pacientes. O principal intuito da fisioterapia é recuperar ou readequar os movimentos e funções das áreas afetadas nos seus pacientes.

Já o Pilates na reabilitação é excelente para reduzir dores, fortalecer, estabilizar e melhorar a mobilidade da região afetada 

Agora que temos um pequeno embasamento relativo a fisioterapia e o Pilates, podemos discorrer sobre a utilização conjunta de ambos. A fisioterapia tem usado o Pilates como forma de tratamento complementar. Vejamos os motivos disso e quais os benefícios dessa junção.

Como é feita a junção da fisioterapia e o Pilates na reabilitação?

É importante ressaltar que apesar de possuírem pontos em comum, a fisioterapia e Pilates não devem ser confundidos, pois são complementares.

Estudos mostram que a junção da fisioterapia e o Pilates na reabilitação melhoram potencialmente o tempo de recuperação dos pacientes. Porém vale lembrar que especificamente o Pilates de forma individual não pode ser tratado como fisioterapia.

Atualmente é recorrente que os fisioterapeutas orientem seus pacientes para iniciarem a prática do Pilates como terapia complementar, benéfica para recuperação. Isso quer dizer que há uma recomendação de profissionais da área, onde estes irão elaborar seu planejamento conforme seu diagnóstico.

É importante ressaltar que fisioterapeuta e instrutor de Pilates devem estar de comum acordo, agindo em consonância, visando a recuperação e melhora do paciente em questão.

A junção de fisioterapia e Pilates também pode ocorrer somente no local de atendimento, onde o próprio fisioterapeuta indicará premissas do Pilates como forma de contribuição. Mas ele poderá encaminhar o paciente para aulas de Pilates especializadas, onde um instrutor irá auxiliar o enfermo conforme o diagnóstico e tratamento que necessita. Por isso é de suma importância fisioterapeuta e instrutor de Pilates estarem em total harmonia e consonância.

Benefícios do Pilates na reabilitação

Já abordamos em nosso artigo os diversos benefícios do Pilates, onde a prática envolve e melhora vários locais e funções do nosso corpo. 

Hoje abordaremos situações mais específicas, o Pilates na reabilitação é usado diretamente como complemento para a fisioterapia. Veja os principais benefícios que auxiliam a recuperação:

  • Melhora de postura;
  • Redução de dores nos locais das lesões;
  • Gera maior flexibilidade e elasticidade;
  • Potencializa a saúde óssea, trazendo mais resistência;
  • Fortalece a musculatura;
  • Ajuda no sistema respiratório e cardíaco.

Esses e outros diversos benefícios podem ser encontrados na prática do Pilates, não somente na recuperação de lesões, como para melhoria corporal em geral que podem ser conquistados através desta prática.

Como pudemos perceber o Pilates pode ser grande aliado aos fisioterapeutas e seus pacientes. A fisioterapia consiste na melhora gradativa de movimentos e funcionalidade, o Pilates pode ser um aliado para acelerar e potencializar este processo de recuperação.

Devemos lembrar que apesar de todos os benefícios citados, antes de incluir o Pilates na reabilitação, é interessante consultar seu fisioterapeuta para ver se este o liberará para a prática das atividades. O aval profissional é indispensável para quem busca uma melhora consciente e adequada.

Qualquer meio complementar para ajudar os pacientes no processo de reabilitação deve ser observado durante o tratamento, e atualmente o Pilates tem sido usado com muita frequência por fisioterapeutas. Estes entendem que os benefícios trazidos pelo Pilates também podem servir para o tratamento complementar, e de fato, podemos perceber que há correlação entre fisioterapia e Pilates. 

Unindo estas duas grandes práticas: fisioterapia e pilates na reabilitação, certamente sua recuperação terá mais sucesso e será mais breve. Portanto, consulte seu fisioterapeuta e veja se pode praticar Pilates durante seu tratamento.

Se você mora próximo a Botafogo RJ, venha conhecer o nosso Espaço Ser em Movimento

Agende uma aula experimental de sua preferência estamos de braços abertos para te receber em nosso espaço.

Antonio Rodrigues

Antonio Rodrigues

Antonio Rodrigues é um profissional dedicado e apaixonado por Pilates, com vasta experiência na área. Ele é o proprietário e instrutor principal do Espaço Ser em Movimento, um centro de bem-estar localizado em Botafogo, RJ, Brasil. Antonio é conhecido por sua abordagem personalizada e atenciosa, sempre buscando entender as necessidades individuais de cada aluno para proporcionar a melhor experiência possível. Ele acredita firmemente nos benefícios do Pilates para a saúde e bem-estar geral, e se dedica a compartilhar essa paixão com seus alunos. Antonio é um profissional respeitado em sua área, com uma reputação de excelência e comprometimento com a saúde e bem-estar de seus alunos. Ele está sempre buscando expandir seu conhecimento e habilidades para continuar oferecendo o melhor serviço possível.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Atendimento Online!
Olá
Qual atividade tem interesse agendar uma aula gratuita?