Pesquisa crescimento dos vegetarianos no Brasil

O crescimento dos vegetarianos no Brasil está em ascensão ao longo dos anos entre a população que deseja uma alimentação saudável e sustentável.

Uma pesquisa do Ibope realizada em 2018 demonstra 75% de crescimento dos vegetarianos em relação a 2012, há 14% da população brasileira que se declara vegetariana. Para as regiões metropolitanas de São Paulo, Curitiba, Recife e Rio de Janeiro, o percentual de vegetarianos sobe para 16%.

Cada vez mais pessoas têm interesse e realizam pesquisas sobre vegano e vegetariano, conforme gráfico crescente do Google Trends dos últimos 10 anos (2010 – 2020).

A alimentação vegetariana saudável vai além da nutrição é um estilo de vida, que conta com cada vez mais recursos e facilidades aos adeptos.

Crescimento dos vegetarianos

Para atender a grande demanda de crescimento dos vegetarianos tanto a indústria como o comércio precisam se adaptar.

Segundo a SVB, há cerca de 240 restaurantes vegetarianos e veganos atualmente em todo o Brasil, há diversas opções em regiões metropolitanas como é o caso de São Paulo. Com o crescimento da demanda a tendência é que cada vez mais tenham opções de restaurantes especializados na culinária vegetariana.

Nos supermercados já é possível encontrar opções veganas dos mais diversos produtos desde lácteos, carnes até “embutidos”. Muitas indústrias já são especializadas na produção de alimentos vegetarianos. Em alguns casos há linhas de produtos vegetarianos de grandes marcas e outros a produção industrial é exclusivamente vegana.

O consumo in natura dos alimentos veganos é altamente recomendado, contar com os recursos modernos de alimentos vegetarianos industrializados auxilia a rotina.

Diferença entre vegetarianos e veganos

Existem diferenças entre o vegetarianismo e o veganismo, de forma simplificada:

O vegetarianismo e o veganismo são duas opções de estilo de vida que muitas pessoas escolhem seguir por várias razões, incluindo saúde, ética animal e meio ambiente. Embora compartilhem algumas semelhanças, existem diferenças notáveis entre os dois.

Os vegetarianos, na essência, são indivíduos que excluem a carne e os produtos de origem animal de sua dieta. Isso inclui carnes de todos os tipos – bovina, frango, peixe, porco, etc. No entanto, existem várias subcategorias de vegetarianismo. Por exemplo, os lacto-vegetarianos consomem laticínios, mas não carne ou ovos. Os ovo-vegetarianos comem ovos, mas não carne ou laticínios. Os lacto-ovo-vegetarianos, por outro lado, comem tanto laticínios quanto ovos, mas ainda excluem a carne.

Por outro lado, o veganismo vai além da dieta. Os veganos não só excluem todos os alimentos de origem animal (inclusive laticínios, ovos, mel), como também evitam qualquer produto que envolva a exploração animal. Isso inclui roupas feitas de lã ou couro, cosméticos ou produtos de higiene pessoal testados em animais ou que contêm ingredientes de origem animal.

A motivação por trás de ambas as opções de estilo de vida pode variar. Alguns podem escolher por razões de saúde, enquanto outros podem estar mais preocupados com a ética do tratamento animal. Independentemente das razões, tanto o vegetarianismo quanto o veganismo exigem consideração e planejamento cuidadoso para garantir que todas as necessidades nutricionais sejam atendidas.

Além disso, é importante notar que ser vegetariano ou vegano não garante automaticamente uma alimentação saudável. Assim como em qualquer dieta, é essencial manter um equilíbrio de nutrientes e evitar alimentos processados ou não saudáveis.

Assim, enquanto vegetarianos focam mais em sua alimentação, os veganos têm uma abordagem mais abrangente, evitando a exploração animal em todas as formas, seja na alimentação, vestuário, cosméticos ou qualquer outro produto. É uma filosofia de vida que busca minimizar ao máximo a exploração e o sofrimento animal.

Benefícios do vegetarianismo

A alimentação vegetariana e vegana saudável, realizada de forma correta abrangendo todos os nutrientes necessários ao organismo, auxilia na redução de colesterol, doença cardiovascular, hipertensão, diabetes.

O vegetarianismo promove longevidade com qualidade de vida.

Os alimentos veganos contêm uma série de elementos antioxidantes que previnem o envelhecimento, aumentam a disposição e vitalidade.

Que tal mudar seu estilo de vida e aderir à alimentação vegetariana?

A alimentação vegetariana e vegana, quando feita de forma correta e saudável, pode ter diversos benefícios para a saúde. Isso significa que ela deve incluir todos os nutrientes necessários ao organismo, como proteínas, vitaminas, minerais, carboidratos e gorduras saudáveis.

Um dos benefícios mais notórios de uma dieta vegetariana ou vegana é a redução do colesterol. Isso ocorre porque as dietas vegetarianas e veganas tendem a ser baixas em gorduras saturadas e colesterol, que são os principais contribuintes para os altos níveis de colesterol.

Além disso, esse tipo de alimentação também pode ajudar a prevenir e controlar doenças cardiovasculares, que são as principais causas de morte em todo o mundo. As dietas vegetarianas e veganas são ricas em fibras e antioxidantes, que ajudam a proteger o coração contra doenças.

A hipertensão, ou pressão alta, também pode ser controlada com uma alimentação vegetariana ou vegana. Isso ocorre porque essas dietas são baixas em sal e ricas em potássio, o que ajuda a manter a pressão arterial sob controle.

O diabetes é outra doença que pode ser prevenida e controlada com uma alimentação vegetariana ou vegana. As dietas vegetarianas e veganas são ricas em fibras, que ajudam a regular o açúcar no sangue, e baixas em gorduras saturadas e colesterol, que podem contribuir para o desenvolvimento do diabetes.

O vegetarianismo também pode promover a longevidade e a qualidade de vida. Isso ocorre porque as dietas vegetarianas e veganas são ricas em nutrientes, antioxidantes e fibras, que ajudam a manter o corpo saudável e a prevenir doenças.

Os alimentos veganos contêm uma série de elementos antioxidantes, que ajudam a prevenir o envelhecimento. Esses antioxidantes combatem os radicais livres, que são moléculas instáveis que podem danificar as células e contribuir para o envelhecimento.

Além disso, uma alimentação vegetariana ou vegana também pode aumentar a disposição e a vitalidade. Isso ocorre porque essas dietas são ricas em nutrientes, como vitaminas e minerais, que ajudam a manter o corpo energizado.

Portanto, mudar seu estilo de vida e aderir à alimentação vegetariana pode trazer diversos benefícios para a saúde. No entanto, é importante lembrar que uma alimentação vegetariana ou vegana deve ser bem planejada e equilibrada, para garantir que todos os nutrientes necessários ao organismo sejam obtidos.

Se você mora próximo a Botafogo RJ, venha conhecer o nosso Espaço Ser em Movimento

Agende uma aula experimental de sua preferência estamos de braços abertos para te receber em nosso espaço.

Antonio Rodrigues

Antonio Rodrigues

Antonio Rodrigues é um profissional dedicado e apaixonado por Pilates, com vasta experiência na área. Ele é o proprietário e instrutor principal do Espaço Ser em Movimento, um centro de bem-estar localizado em Botafogo, RJ, Brasil.Antonio é conhecido por sua abordagem personalizada e atenciosa, sempre buscando entender as necessidades individuais de cada aluno para proporcionar a melhor experiência possível. Ele acredita firmemente nos benefícios do Pilates para a saúde e bem-estar geral, e se dedica a compartilhar essa paixão com seus alunos. Antonio é um profissional respeitado em sua área, com uma reputação de excelência e comprometimento com a saúde e bem-estar de seus alunos. Ele está sempre buscando expandir seu conhecimento e habilidades para continuar oferecendo o melhor serviço possível.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Atendimento Online!
Olá
Qual atividade tem interesse agendar uma aula gratuita?